Como aumentar o número de visitas do seu site

Criar um site é essencial para construir uma presença para a sua empresa na internet. Afinal, um site funciona como uma vitrine para a sua marca no mundo online. Dessa forma, fornece todas as informações que um usuário precisa para fazer negócio com você. Mas e se o seu site não estiver recebendo muitos cliques? O que fazer nessa situação? Se esse é o cenário em que você se encontra no momento, não se preocupe. Neste artigo, vamos ensinar como aumentar o número de visitas do seu site com algumas dicas simples e fáceis. Continue com a leitura para descobrir quais são elas!

Como aumentar o número de visitas do seu site
Fonte: freepik.

Saiba como aumentar o número de visitas do seu site

É difícil criar um bom site, pois essa é uma tarefa árdua que exige muito conhecimento técnico. Além de escolher um estilo de design que tenha a ver com a essência da sua marca, você ainda precisa considerar diversos outros fatores. Como, por exemplo, o desempenho do site em dispositivos móveis, o seu conteúdo, a velocidade de carregamento que ele tem… São muitos elementos para levar em conta. O que torna a situação em que o seu site está pronto, mas simplesmente não recebe visitas ainda mais frustrante.

No entanto, é preciso respirar fundo e entender: O sucesso com o marketing digital não vem do dia para noite. E sim com muita paciência e trabalho duro. Mas o lado bom é que essa situação não precisa ser definitiva. Existem muitas maneiras de melhorar o número de visitas do site da sua empresa. A seguir, vamos citar e falar um pouco sobre as principais delas. Confira!

Torne o seu site mais atraente para o Google

O Google é a principal ferramenta de buscas na internet. Por isso, para garantir mais visitas para o seu site, você deve torná-lo atraente para o algoritmo dessa plataforma.

Existe um conjunto de técnicas voltado exclusivamente para esse fim. Ele se chama SEO, ou, em inglês, search engine optimization. Com as modificações corretas, então, é possível melhorar o SEO da sua página e fazer com que ela obtenha uma posição melhor entre as páginas de resultados de buscas.

Torne o seu site mais atraente para o Google
Fonte: freepik.

Isso é fundamental para garantir a sua visibilidade na internet. A maioria das pessoas não vai além das primeiras páginas de resultados no Google, o que torna a tarefa de buscar esse rankeamento ainda mais importante.

Invista em um anúncio pago

Por mais que melhorar o SEO do seu site seja crucial, ele é um processo que leva tempo. Assim, se o que você busca é uma forma de aumentar as visitas que tenha efeitos a curto prazo, vale a pena investir em um anúncio pago.

Esses anúncios, também conhecidos como links patrocinados, ganham uma posição privilegiada nas páginas de resultados do Google. Assim, o seu site se torna mais visível para os usuários.

Crie conteúdo com títulos interessantes

Quanto mais conteúdo você produz, mais usuários irão encontrar o seu site através de buscas por assuntos que você abordar nesses conteúdos. Sendo assim, invista em uma produção de conteúdo constante e de alto nível, sempre apostando em títulos interessantes que chamem a atenção do usuário (mas fuja do clickbait, que irrita mais do que atrai).

Crie conteúdo com títulos interessantes
Fonte: freepik.

Contrate uma agência de marketing digital

Se você não sabe bem como aumentar o número de visitas do seu site, o ideal é buscar ajuda profissional. E, para isso, nada melhor do que uma agência de marketing digital que trabalhe regularmente com SEO, criação de sites e marketing de conteúdo, como, por exemplo, a Agência IMMA. E aí, quer saber mais? Não perca tempo: Entre em contato com a agência e faça já um orçamento para a sua empresa!

 

Leia mais

4 dicas de SEO para blogs iniciantes

O SEO é fundamental para qualquer pessoa que queira crescer na internet. Mas às vezes começar a atuar nesse campo pode ser um pouco confuso e intimidante, pela complexidade do assunto. Há muito o que aprender e a quantidade de informações pode ser intimidante. Por isso, nesse artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre SEO para blogs iniciantes. Confira!

4 dicas de SEO para blogs iniciantes
Fonte: freepik.

Entendendo o que é SEO

SEO significa search engine optimization, ou, em português, “otimização para mecanismo de busca”. A sigla se refere ao conjunto de técnicas que tem como objetivo otimizar um conteúdo para torná-lo mais atraente aos algoritmos de mecanismos de busca como, por exemplo, o Google.

Sendo assim, o SEO permite que um site ou página obtenha uma posição mais favorável nas páginas de resultados. Isso garante um maior número de acessos, pois a maioria das pessoas clica apenas nos primeiros resultados que aparecem após uma busca. Desse modo, investir em SEO é fundamental para o crescimento da sua marca no mundo online.

4 dicas de SEO para blogs iniciantes

Tendo isso em mente, você já sabe que SEO é muito importante, especialmente para blogs iniciantes. Mas como fazer para conseguir aplicar essa técnica ao seu site? Felizmente, há muitas maneiras de trabalhar o SEO do seu blog para buscar um rankeamento melhor nos resultados de busca. A seguir, vejamos algumas das principais delas.

Otimize sua URL

A URL, ou o endereço da sua página, afeta muito o SEO do seu blog. Por conta disso, procure sempre manter URLs amigáveis para os seus posts.

O que isso significa? Significa manter URLs que sejam legíveis, sem combinações aleatórias de letras ou números. O ideal é que a URL contenha o título do conteúdo, mas de maneira resumida, para criar um link curto. Links muito grandes passam pouca credibilidade e prejudicam o SEO da sua página.

Otimize sua URL
Fonte: freepik.

Use palavras-chave

Essa é uma das principais dicas de SEO para blogs iniciantes. As palavras-chave são os termos que são digitados na barra de buscas do Google sempre que alguém tenta procurar alguma coisa. Com esses termos, o Google seleciona os resultados mais relevantes e apresenta-os nos primeiros lugares das páginas de resultados. Ou seja, usar palavras-chave pode melhorar o seu posicionamento.

Mas quando usar as palavras-chave? Bem, não é preciso exagerar e repetir a mesma coisa mil vezes no mesmo texto. Isso dá um caráter artificial e não é bom aos olhos do Google. No entanto, a sua palavra-chave deve estar presente nos seguintes elementos do texto:

  • O título;
  • Pelo menos um subtítulo;
  • A URL;
  • A meta descrição da página;

E pelo menos três vezes no texto em si: uma na introdução, outra no meio do texto e uma última vez na conclusão.

Otimize também as suas imagens

Como mencionamos no item anterior, as imagens também podem ser otimizadas. Por isso, salve as suas imagens com nomes que contenham a sua palavra-chave, e modifiquem o atributo alt de cada uma de acordo.

Esse atributo funciona como uma alternativa à imagem, em uma situação em que o elemento visual não funcione. Como os buscadores procuram por texto, e não imagens, o atributo alt é usado para posicionar a sua página entre os resultados. Assim, não se esqueça de otimizar esse elemento.

Otimize também as suas imagens
Fonte: freepik.

Contrate uma agência de marketing digital

Para usar SEO para blogs iniciantes, às vezes é melhor contratar uma equipe profissional, de uma empresa especializada no assunto. A Agência IMMA é uma boa opção: voltada para serviços de marketing digital, a empresa tem muita experiência com serviços de SEO e está preparada para realizar um trabalho de otimização para turbinar o seu site. Quer saber mais? Entre em contato e faça o seu orçamento!

Leia mais

Marketing no Facebook: Como fazer

Você sabe como fazer marketing no Facebook? Apesar de ser a maior plataforma de rede social do mundo, contando com 2.23 bilhões de usuários, muitos empresários ainda não aprenderam a usar o Facebook para promover suas marcas.

No entanto, é preciso pensar de maneira diferente: em 2017, calculou-se que 90% dos negócios dos Estados Unidos usavam alguma forma de rede social. Ou seja, embora muitos pequenos empresários ainda não aproveitem o potencial completo das mídias sociais, o mercado como um todo está se voltando para esses espaços. É preciso, então, saber usar esses veículos a favor da sua empresa.

Por conta disso, criamos esse artigo para você aprender como fazer marketing no Facebook. Quer saber mais? Continue lendo e descubra!

Criamos esse artigo para você aprender como fazer marketing no Facebook
Fonte: freepik.

As melhores estratégias para fazer marketing no Facebook

Quando falamos de Facebook, estamos falando de interação. Esse é, afinal, o propósito primário de todas as redes sociais: permitir que os usuários interajam entre si.

Para uma empresa, esse potencial de interação pode ser muito vantajoso. São poucos os outros canais que oferecem tantas possibilidades para interagir diretamente com o seu público alvo como o Facebook. Desse modo, é preciso saber aproveitar essas oportunidades para fazer marketing no Facebook com eficiência. Vejamos, então, algumas dicas que podem ajudar você nessa tarefa.

Leia mais: Como melhorar a sua página no Facebook

Use o Facebook Stories

O Facebook Stories é uma ferramenta muito útil com a qual você pode disponibilizar coleções curtas de vídeos ou fotos por um tempo limitado. Assim como as stories do Instagram, as stories do Facebook ficam no topo do feed, o que permite que o usuário as visualize com facilidade, sem ter que ir até a sua página para ver o que você postou.

Os stories, então, representam uma forma de estar em contato constante com os seus seguidores. É uma boa oportunidade para criar um contato casual, mais informal. Já que as imagens e vídeos são temporárias, você pode postar coisas mais simples, tais como vídeos ou fotos do seu local de trabalho, imagens do processo de produção dos seus produtos, etc. Esse tipo de conteúdo dá ao usuário uma sensação de proximidade com a sua marca.

Esteja em contato constante com os seus seguidores
Fonte: freepik.

Reaja e responda aos comentários dos seus seguidores

Os botões de reação do Facebook são ótimos para interagir com os seus seguidores, pois fornecem uma oportunidade de personalizar a interação. Isso faz com que o usuário se sinta visto pela sua marca como indivíduo, o que é ótimo para criar um relacionamento entre ambos.

Também é importante responder aos comentários dos seguidores sempre que for possível. Responder os comentários estimula mais interação, porque as pessoas sabem que estão sendo ouvidas e se sentem confortáveis para continuar interagindo.

Saiba também: 5 dicas para criar a sua capa no Facebook

Não exagere na frequência de postagens

Encher o feed dos seus seguidores com publicações suas vai incomodar os usuários e pode até fazer com que eles descurtam a sua página. Por isso, procure postar com moderação, sempre compartilhando conteúdos relevantes que possam realmente agradar aos usuários. O ideal é não postar mais do que 4 ou 5 vezes por semana.

Procure postar com moderação
Fonte: Freepik

Contrate uma equipe profissional

Cuidar de um perfil ou página no Facebook pode ser mais estressante do que parece. Além disso, é uma atividade que gasta muito tempo que você poderia estar usando para fazer a sua empresa crescer de outras formas. No entanto, não dá para abdicar do marketing digital. Por isso, muitas vezes a solução é contratar uma agência para cuidar da gestão de mídias sociais da sua empresa. A Agência IMMA, por exemplo, tem uma equipe marcada por sua eficiência e profissionalismo e pode ajudar a sua marca de diversas formas. E aí, se interessou? Entre em contato e faça o seu orçamento!

Leia mais

Por que a sua marca precisa de uma persona de marketing

Quando falamos de marketing digital e marketing de conteúdo, é comum ouvir o termo “persona de marketing”. E, ele costuma ser colocado como algo essencial para essa estratégia. Mas, se você não sabe o que ele significa, talvez não entenda ainda a sua importância. Por isso, você pode se perguntar: por que a sua marca precisa de uma persona de marketing? E é para responder essa questão que separamos esse texto. Nesse artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o assunto de uma vez por todas. Confira!

por que a sua marca precisa de uma persona de marketing? E é para responder essa questão que separamos esse texto.
Fonte: freepik.

Leia também: Como criar a sua persona de marketing

O que é uma persona de marketing

O primeiro passo é definir o que é uma persona de marketing. O termo surgiu em 1983, quando o designer e programador de softwares Alan Cooper precisava criar um software de gestão de projetos. Para ter uma ideia do que fazer, ele entrevistou amigos que tinham o perfil de usuários do programa. Então acabou criando uma usuária imaginária, que chamou de Kathy.

A partir daí, ele viria a usar o termo “buyer persona” em um livro. Isso foi o que deu origem a esse elemento que se tornaria uma parte fundamental do marketing no mundo todo.

A ideia de persona, portanto, é justamente o que Cooper fez para criar seu software: cria-se um perfil abstrato de um cliente ideal que não existe, mas que serve como alvo imaginário para o desenvolvimento do produto e sua estratégia de marketing.

O empresário vai realizar todas as etapas de produção e divulgação com um cliente específico em mente, buscando atrair e agradar aquele tipo de pessoa. Desse modo, é possível perceber que a persona de marketing é um elemento do chamado inbound marketing. Em português, o marketing da atração.

Esse tipo de marketing adota uma estratégia diferente do marketing tradicional, escolhendo focar em atrair um segmento específico do mercado ao invés de atrair o mercado inteiro. Esse segmento é representado pela persona de marketing.

O marketing de atração adota uma estratégia diferente do marketing tradicional
Fonte: freepik.

Por que a sua marca precisa de uma persona de marketing

Agora que você já entende o conceito, resta a pergunta: por que a sua marca precisa de uma persona de marketing?

A resposta para essa questão tem a ver com a necessidade de fidelizar um público para o seu negócio. Afinal, o primeiro passo para fidelizar um cliente é conhecê-lo, e você pode fazer isso criando uma persona de marketing para representá-lo.

Através de uma coleta de dados a respeito de quem é o seu público (qual é a sua idade, qual é o seu gênero, onde ele mora, etc), você pode saber como criar um relacionamento com ele. Esse relacionamento fará com que os clientes criem afeição pela sua marca.

Mas não para por aí: criar uma persona de marketing pode ser muito importante para a identidade da sua empresa. Isso porque saber para quem você está vendendo ajuda você a definir qual é o tipo de serviço que você está oferecendo e como você quer que a sua empresa seja vista pelo público. E descobrir isso é uma forma de definir qual é a essência do seu negócio.

Saiba mais: 4 princípios básicos do marketing digital

Faça o seu marketing digital com a ajuda de uma agência especializada

Agora que você já sabe por que a sua marca precisa de uma persona de marketing, já dá para começar a colocar em prática um plano de marketing digital para o seu negócio. E a melhor forma de fazer isso é através da contratação de uma agência especializada na área para garantir a melhor qualidade de todas as estratégias. A Agência IMMA, por exemplo, está preparada para oferecer diversos serviços para fazer a sua empresa crescer no mundo online. Entre em contato com a gente e faça o seu orçamento!

Leia mais

O que é tráfego orgânico e como melhorar o do seu site

Você sabe o que é tráfego orgânico? Esse é um conceito fundamental para o marketing digital, então, se você tem intenção de crescer nessa área, é importante aprender o que ele significa. Por isso, separamos esse artigo para você aprender tudo que é preciso saber sobre esse assunto. Confira!

O tráfego orgânico é um conceito fundamental para o marketing digital
Fonte: Freepik.

Saiba também: 4 motivos para refazer o seu site

Entendendo o que é tráfego orgânico

O tráfego é o fluxo que corresponde ao número de acessos ou cliques que um site recebe. Ou seja, todas as visitas que a sua página receber contam como parte do seu tráfego diário.

Diante disso, fica fácil entender por que o tráfego é uma parte importante do crescimento da sua empresa no mundo online. Afinal, quanto mais usuários acessarem o seu site, mais pessoas conhecem a sua empresa e os seus serviços. Desse modo, você tem mais chances de gerar leads e futuros clientes.

Mas nem todos os tipos de tráfego são iguais. Isso porque, na internet, é possível investir uma quantia de dinheiro para fazer um anúncio pago e, por consequência, gerar mais acessos e cliques na sua página. Isso é chamado de tráfego pago.

Já o tráfego orgânico, por sua vez, é o tráfego que ocorre de maneira espontânea, ou seja, sem o auxílio de um anúncio pago. Esse é o tráfego que ocorre quando um usuário, buscando a resposta para alguma dúvida, digita um termo na barra de buscas do Google, encontra um site e clica nele. Ou seja, em outras palavras, é um tráfego que vem naturalmente.

Nem todos os tipos de tráfego são iguais.
Fonte: Freepik.

Conheça os principais benefícios do tráfego orgânico

Mesmo que você já saiba o que é tráfego orgânico, talvez ainda seja difícil entender por que esse tráfego é tão priorizado no marketing digital. Por isso, vejamos alguns de seus principais benefícios.

Autoridade para o seu site

Se você opta por um anúncio pago, o Google mostra a sua página no topo dos resultados de buscas por um determinado período de tempo. No entanto, se o seu site começar a obter tráfego orgânico significativo, o algoritmo do Google vai percebê-lo como um site relevante, uma autoridade na sua área. Desse modo, você pode obter melhores posicionamentos em buscas de maneira orgânica no futuro, o que, evidentemente, multiplica a sua capacidade de alcance. Cria-se, então, um ciclo que só tende a aumentar ainda mais o número de usuários entrando no seu site.

Leia também: Mídia social ou SEO: qual gera mais tráfego para o seu site

Redução de custos

Mesmo que você precise investir em algumas estratégias para aumentar o seu tráfego orgânico (como, por exemplo, marketing de conteúdo), o gasto ainda acaba sendo menor do que o de um anúncio pago. Isso porque o investimento no tráfego orgânico, ao contrário do tráfego pago, não tem prazo de validade, e portanto pode gerar retorno durante um tempo muito maior.

Construção de um relacionamento com os usuários

Se um usuário clica de maneira orgânica no seu site, é porque alguma coisa na sua página chamou a atenção dele. Esse despertar de interesse inicial é essencial para a construção de um relacionamento entre esse usuário e a sua empresa. Afinal, é através dele que você pode começar a construir uma confiança que talvez conquiste um cliente fiel para a sua marca.

Construa uma confiança que conquiste um cliente fiel para a sua marca.
Fonte: Freepik.

Gere mais tráfego orgânico investindo em marketing digital

Agora que você sabe bem o que é tráfego orgânico, resta partir para a prática e começar a melhorar o do seu site. E a melhor forma de fazer isso é com a ajuda de uma agência de marketing digital, como a Agência IMMA. A agência está preparada para usar todas as ferramentas disponíveis para ajudar o seu negócio a crescer na internet. Quer saber mais? Entre em contato e faça um orçamento para a sua empresa!

Leia mais

O que é link building

O que é link building? Talvez você já tenha se deparado com essa expressão antes, mas é possível que não saiba direito o que ela significa. Afinal, como trabalhar com SEO e marketing digital pode ser algo muito complexo, às vezes a variedade de termos usados pode confundir um pouco e até ser levemente intimidante.

Mesmo assim, o link building pode ser muito útil para o crescimento da sua empresa no mundo digital, então vale a pena aprender o que ele é e como ele funciona. Por isso, separamos esse artigo para você entender como usar o link building a favor da sua marca. Quer saber mais? Venha com a gente e descubra!

O que é link building? saiba aqui
Fonte: freepik.

Entendendo

Antes de qualquer coisa, é preciso definir o que é link building. Essa definição, por si só, é bem simples: link building é uma técnica de SEO que busca fazer uma “construção de links” dentro de um texto, trabalhando com links internos e externos para promover o seu site.

E por que isso é importante para o SEO? Bem, para responder essa pergunta, precisamos antes explicar a diferença entre links internos e links externos.

Leia também: A relação entre Link Building e SEO 

Link building com links internos

Como já fica claro no nome, links internos são os links de uma página que direcionam o usuário para outras páginas daquele mesmo site. Então, se você faz um artigo sobre algum assunto e, no meio dele, menciona um artigo relacionado e coloca o seu link, está fazendo um trabalho de linkagem interna.

Esse tipo de técnica é útil para manter a permanência do leitor no seu site. Esse tempo de permanência é um dos indicativos de como está sendo a experiência do usuário, um dado que é importante para o rankeamento do Google.

Vale a pena tentar manter o usuário engajado com o seu conteúdo durante o máximo de tempo possível, e o link building interno é uma das formas de conseguir isso.

links internos são os links de uma página que direcionam o usuário para outras páginas daquele mesmo site
Fonte: Freepik

Com links externos

O link building com links externos, por sua vez, trabalha com links de outros sites que direcionam o usuário para o seu site. Esses são o que chamamos de backlinks, ou seja, links que outras páginas colocam para direcionar os usuários para sites de fora.

Esses backlinks são muito importantes para o SEO da sua página. Isso porque, na hora de ordenar os resultados de uma busca, o Google procura dar prioridade a sites que tenham relevância e sejam autoridades no assunto.

Ter muitos backlinks de sites legítimos é bom para a imagem do seu site, que será visto pelo Google como autoridade. Por consequência, a sua página acaba recebendo uma posição melhor.

links de outros sites que direcionam o usuário para o seu site, são links externos
Fonte: Freepik

Leia aqui: Link Building, saiba mais sobre essa energia

Fazendo link building para a sua empresa

Existem muitas formas de fazer. Você pode, por exemplo, entrar em contato com um cliente que tenha um blog e pedir para incluir um link para o seu site. Ou pode buscar sites que sejam da sua área e se oferecer para fazer um guest post linkando o seu site.

Mesmo que você não receba um “sim” de imediato, vale a pena ter paciência e persistir nesse trabalho. Outra forma boa é contratando uma agência de marketing digital para cuidar dessa área para você. Afinal, profissionais especializados sabem o que é link building e podem fazer um ótimo serviço para contribuir para o crescimento da sua marca.

A Agência IMMA, por exemplo, oferece diversos serviços de marketing digital e pode atender a qualquer demanda do seu negócio. Entre em contato com a gente e faça um orçamento para a sua empresa!

Leia mais

4 formas de criar uma presença online para a sua empresa

O mundo do marketing mudou na sociedade atual. Agora, ao invés de investir em flyers ou panfletos, as empresas se voltam para o universo da internet para promover seus negócios. E os investimentos não são baixos: um estudo de 500 publicitários digitais, feito pelo site The Manifest, demonstrou que 41% das empresas investem mais de 500.000 dólares em marketing digital por ano. Portanto, se você é um empresário iniciante, é interessante pensar em formas de criar uma presença online para a sua empresa.

Mas quais são as melhores maneiras de fazer isso? Se você não está familiarizado com o universo da internet, essa tarefa pode parecer muito complexa. Por isso, nesse artigo, separamos algumas das principais maneiras de criar uma presença online lucrativa para a sua marca. Confira!

Pense em formas de criar uma presença online para a sua empresa
Fonte: freepik.

Use as redes sociais

As redes sociais são as maiores plataformas de interação e engajamento do mundo online. Em 2018, estimou-se que 2.65 bilhões de pessoas no mundo todo utilizavam mídias sociais regularmente. Fica, então, evidente que esses espaços reúnem um grande público que pode ser convertido em clientes para a sua marca.

O primeiro passo para aproveitar essa situação é criar perfis para a sua empresa em redes sociais diversas. Você não precisa estar presente em todas, mas é interessante estar presente em mais de uma, para ter acesso a uma audiência mais ampla e diversa. Sendo assim, é uma boa ideia estudar o seu público-alvo e descobrir quais redes sociais ele mais usa – Facebook? Twitter? Instagram? Independentemente da resposta, o importante é que você também use esses canais e estabeleça uma comunicação positiva com a sua audiência.

Leia aqui: 5 passos para fazer a sua empresa crescer

Crie um site para a sua empresa

Ter um site é como criar uma vitrine para a sua empresa no mundo virtual. Trata-se, portanto, de uma ferramenta fundamental, que, para muitos usuários, será o primeiro contato com a sua marca.

Por conta disso, ao criar um site, procure fazer dele o mais representativo possível do que sua marca oferece. Isso inclui uma identidade visual clara, que requer um bom trabalho de design para criar banners, imagens e logos atrativos.

Além disso, é importante investir na criação de um site responsivo, ou seja, um site que funcione bem em qualquer dispositivo. Esse ponto é essencial para que você possa atrair também usuários de dispositivos móveis, que compõem uma grande parte do público online.

Procure fazer dele o mais representativo possível do que sua marca oferece
Fonte: freepik.

Produza conteúdo

Mesmo tendo perfis em redes sociais e um site atrativo, a melhor forma de trazer clientes até os seus espaços continua sendo a produção de conteúdo relevante. Através de conteúdo em formato de artigos, vídeos ou podcasts, você pode atrair a sua audiência até essas plataformas, e, a partir daí, criar um vínculo com os usuários, o que pode contribuir muito para a sua geração de leads.

Saiba mais: Saiba estratégias para aumentar vendas de pequenas empresas

Otimize tudo que você produzir

Na internet, é importante que você faça os seus conteúdos se destacarem de alguma forma para atrair a atenção dos usuários. Um bom caminho para isso é o SEO, ou seja, o conjunto de técnicas que busca otimizar seu conteúdo para obter um posicionamento melhor nos mecanismos de busca, como o Google. Assim, ao criar uma presença online para a sua empresa, você deve também investir em uma estratégia de otimização.

É importante que você faça os seus conteúdos se destacarem de alguma forma para atrair a atenção dos usuários
Fonte: freepik.

Aprenda mais formas de criar uma presença online para a sua empresa

Quer aprender mais formas de criar uma presença online para a sua empresa? A maneira mais fácil de fazer isso é contratando uma agência de marketing digital eficiente, como a Agência IMMA. A agência oferece todos os serviços mencionados acima e muito mais. Entre em contato com a empresa e faça um orçamento para a sua marca!

Leia mais

4 dicas para promover a sua loja virtual

Criar uma loja virtual é um grande passo para um pequeno empresário. De acordo com uma pesquisa divulgada pela Ebit/Nilsen, só no Brasil, o e-commerce teve um crescimento de 12% no primeiro semestre de 2019. Ou seja, é uma área do mercado com grande potencial, que tende a se expandir cada vez mais, e muitos empresários querem participar nessa tendência. No entanto, muito esbarram na barreira da dificuldade de divulgação e acabam não conseguindo vender seus produtos. Por isso, nesse texto, separamos 4 dicas para promover a sua loja virtual. Confira!

Descubra 4 dicas para promover a sua loja virtual
Fonte: freepik.

4 dicas para promover a sua loja virtual

Antes de começar a pensar em promover a sua loja virtual, é preciso que você tenha uma definição clara na mente da identidade da sua marca. Isso é importante porque qualquer atitude que você tome para divulgar a sua loja deve ser coerente com a imagem que você quer passar da sua empresa para o mundo.

Sendo assim, comece definindo quem é o seu público-alvo para saber para quem você estará direcionando essa divulgação. Uma vez que você tiver essa informação bem definida, pode começar a aplicar as dicas para promover a sua loja virtual que citaremos a seguir.

É preciso que você tenha uma definição clara na mente da identidade da sua marca
Fonte: Freepik

Faça um bom trabalho de SEO

SEO é uma sigla em inglês que significa search engine optimization. Em português, a tradução fica “otimização para mecanismo de busca”. Esse é um conjunto de técnicas que visa melhorar o posicionamento do seu site no Google.

Para uma loja virtual, um bom trabalho de SEO pode ser uma etapa importante no crescimento da marca. Isso porque, se o seu site estiver nas primeiras páginas de resultados do Google, você receberá um maior número de cliques, resultando em um aumento de tráfego orgânico. Isso significa mais usuários entrando na sua loja, conhecendo os seus produtos, e, possivelmente, fazendo compras.

Desse modo, vale a pena investir em estratégias de SEO para melhorar o rankeamento do seu site. Uma boa forma de garantir isso é melhorando a sua velocidade de carregamento, pois isso é atraente para o algoritmo do Google, que vê um site que carrega mais rápido como um site que fornece uma experiência melhor para o usuário.

Veja também: As melhores estratégias de vendas em lojas virtuais

Divulgue sua loja virtual nas redes sociais

As mídias sociais são ótimas plataformas para pôr em prática dicas para promover a sua loja virtual. Afinal, elas possuem um imenso alcance, atingindo muitos usuários que podem se interessar pelos seus produtos.

Por isso, procure criar um perfil ou uma página para a sua loja em diferentes plataformas. Espaços como o Facebook ou o Instagram são ótimos para promover vendas, permitindo que você impulsione publicações para garantir que mais usuários a vejam, o que pode ser ótimo para promover uma campanha, por exemplo.

Procure criar um perfil ou uma página para a sua loja em diferentes plataformas
Fonte: Freepik

Faça do seu site mobile friendly

Uma otimização mobile friendly, hoje em dia, é praticamente uma necessidade para se sair bem no marketing digital. São muitos os usuários que acessam a internet e fazem compras através de dispositivos móveis, e é importante que eles possam navegar pelo seu site sem problemas. Devido a isso, faça a sua loja virtual ser acessível através de qualquer tela. Isso é importante inclusive para o SEO, porque o algoritmo do Google prioriza sites mobile friendly.

Leia aqui: Como usar o UX para vender mais

Contrate uma equipe profissional

Uma das principais dicas para promover a sua loja virtual que podemos oferecer é que, às vezes, vale a pena contratar um profissional para realizar esse serviço. Desse modo, você poupa tempo que poderia estar usando para melhorar outras áreas da sua empresa. Basta escolher uma agência confiável, como a Agência IMMA. E aí, quer saber mais? Entre em contato com a gente e faça um orçamento para a sua marca!

Leia mais

5 técnicas básicas de SEO para melhorar sua posição no Google

A sigla SEO vem do inglês, significando search engine optimization, ou, em português, “otimização de mecanismo de busca”. O termo se refere a um conjunto de técnicas voltado para a otimização de conteúdos para torná-los atraentes para o algoritmo do Google, que afeta o rankeamento dos resultados de busca. Por isso, qualquer empresa pode se beneficiar muito se aprender algumas técnicas básicas de SEO. Sendo assim, nesse artigo, separamos algumas das principais para você melhorar a sua posição no Google. Venha com a gente e descubra!

Saiba 5 técnicas básicas de SEO para melhorar sua posição no Google
Fonte: freepik.

5 técnicas básicas de SEO para melhorar sua posição no Google

A primeira coisa que você precisa saber sobre SEO é que é um trabalho complexo e constante. Sendo assim, não basta pegar algumas dicas e achar que já sabe o suficiente sobre o assunto. Na verdade, é preciso usar essas instruções como base e, depois, aprofundar ainda mais o seu conhecimento.

Tendo dito isso, vejamos algumas técnicas básicas que podem apresentar o mundo de SEO para a sua empresa.

Leia aqui: 6 dicas de SEO para o seu site

Escolha bem a sua palavra-chave

Uma das principais técnicas básicas de SEO é aprender a escolher bem a palavra-chave para um conteúdo. Isso porque nem todas as palavras-chave são iguais.

O que isso quer dizer? Bem, podemos dividir as palavras-chave em dois tipos: as palavras head tail e as palavras long tail. Palavras head tail são termos muito gerais e que normalmente tem um largo volume de buscas, como “marketing digital”, por exemplo. Normalmente, quando tentamos pensar em palavras-chave sobre um determinado assunto, as head tail são as primeiras que nos ocorrem, justamente por serem termos muito básicos e óbvios.

Já as palavras long tail tendem a ser mais longas e mais específicas, como, por exemplo, “marketing digital para pequenas empresas”. Essas palavras são menos pesquisadas, mas são as mais indicadas para incluir no seu conteúdo, pois costumam possuir menos concorrência. Isso significa que, usando uma palavra-chave long tail, fica mais fácil fazer com que o seu conteúdo se destaque entre os resultados. Por isso, é importante prestar atenção na hora de fazer essa escolha.

As palavras long tail tendem a ser mais longas e mais específicas
Fonte: freepik.

Otimize a sua URL

Otimizar a URL é uma das técnicas básicas de SEO mais importantes e, no entanto, muitas pessoas não a praticam. Trata-se de transformar a sua URL no que chamamos de “URL amigável”, sem números ou combinações de letras ilegíveis.

Esse tipo de URL torna o seu site mais acessível para o usuário. O ideal, então, é que ela seja simples e não muito longa, sempre incluindo a palavra-chave escolhida para aquela página. Pode parecer um detalhe pequeno, mas faz muita diferença, então nunca se esqueça de otimizar o slug do seu site.

Veja também: Marketing de conteúdo e SEO. Entenda a relação

Produzir conteúdo original

Esse ponto deveria ser básico, mas, mesmo assim, não custa lembrar: jamais publique conteúdo plagiado no seu site. Além de ser antiético, esse tipo de prática pode prejudicar muito o seu SEO, pois o algoritmo do Google consegue detectar quando um post foi copiado de outro lugar.

O algoritmo do Google consegue detectar quando um post foi copiado de outro lugar.
Fonte: freepik.

Aposte no conteúdo visual

O conteúdo visual é muito dinâmico e atraente para os usuários. Sendo assim, ele atrai muitos cliques, o que o algoritmo do Google vê com bons olhos. Por isso, considere a possibilidade de produzir um vídeo em algumas das suas páginas, e nunca se esqueça de incrementar seus textos com imagens.

Contrate uma agência de marketing digital

Ninguém conhece as técnicas básicas de SEO melhor do que profissionais da área. Desse modo, vale a pena contratar uma agência de marketing digital para cuidar da otimização do seu conteúdo. A Agência IMMA possui uma equipe de profissionais qualificados preparados para lidar com as suas demandas. Entre em contato com a gente e faça um orçamento para a sua empresa!

Leia mais

Marketing de conteúdo para principiantes. O que você precisa saber

No mundo do marketing digital, fala-se muito no marketing de conteúdo e suas vantagens. Mas você sabe o que é isso? Saber aplicar esse tipo de estratégia pode ser muito útil para o crescimento do seu negócio na internet. Por isso, nesse artigo, separamos o básico sobre marketing de conteúdo para iniciantes, para ajudar você a ingressar nesse universo. Quer saber mais? Venha com a gente e descubra!

Tudo o que você precisa saber marketing de conteúdo para principiantes.
Fonte: freepik.

Leia também: Principais dúvidas sobre o marketing de conteúdo

Entendendo o que é marketing de conteúdo

O primeiro passo é definir o que é marketing de conteúdo. E o termo, também conhecido como content marketing, se refere a uma estratégia de marketing que foca na produção de conteúdo relevante para atrair leads e clientes

A ideia é que esses conteúdos sejam pensados de acordo com um segmento de mercado específico. Isso porque o marketing de conteúdo é uma forma de inbound marketing, ou seja, o marketing da atração, que não busca atingir o mercado inteiro, mas sim um grupo específico de pessoas, para despertar uma relação de fidelidade.

Desse modo, ao adotar uma estratégia de marketing de conteúdo, você começa construindo um perfil para o qual seu conteúdo será direcionado. Chamamos esse perfil de persona do marketing. Você cria, então, um personagem abstrato com os dados do que você consideraria como o cliente ideal da sua marca (incluindo informações como gênero, idade, hobbies, localização) e cria as suas iniciativas de publicidade em cima desse perfil.

O marketing de conteúdo pode ter diversos formatos. O formato escrito, em um texto de blog, por exemplo, é um dos mais comuns. Mesmo assim, é possível apostar também em formatos mais inovadores, como um vídeo ou um podcast.

Marketing de conteúdo para iniciantes: como fazer

Como já foi dito anteriormente, o primeiro passo para fazer marketing de conteúdo é a criação da persona. Depois disso, você precisa se perguntar quais são os problemas e obstáculos que levariam a sua persona a fazer uma busca no Google.

É aí que entra a importância das palavras-chave. As palavras-chave são os termos que uma pessoa digita na barra de buscas ao procurar alguma coisa no Google, e é através deles que esse usuário é levado até o seu conteúdo. Por isso, para garantir que seu conteúdo seja encontrado pelo seu público, é preciso escolher bem suas palavras-chave.

O ideal é dar preferência a palavras-chave mais específicas, também conhecidas como palavras-chave long tail. Essas palavras têm um número mais reduzido de buscas, mas, justamente por isso, também têm menos concorrência. Logo, fica mais fácil para o seu conteúdo se destacar.

Uma vez que você escolher sua palavra-chave, procure repeti-la ao longo do seu texto pelo menos três vezes. Ela também deve estar presente no seu título, na sua url e na meta descrição. Também é importante incluir imagens no texto e inserir a sua palavra-chave no atributo alt dessas imagens.

Por fim, uma boa forma de garantir que seu conteúdo tenha um alcance maior é compartilhá-lo nas redes sociais. Afinal, nessas plataformas fica bem mais fácil encontrar pessoas que tenham interesse no assunto que você abordar, o que permite que você entre em contato com um público maior.

O ideal é dar preferência a palavras-chave mais específicas, também conhecidas como palavras-chave long tail
Fonte: Freepik

Veja aqui: Marketing de conteúdo para pequenas empresas

Marketing de conteúdo para iniciantes requer a ajuda de um profissional

A melhor maneira de fazer marketing de conteúdo para iniciantes é contratando uma agência de marketing digital que possa realizar essa produção para a sua empresa. Uma boa opção é a Agência IMMA, agência estabelecida no mercado que oferece diversos serviços de marketing na internet, atendendo a empresas de qualquer porte. Estamos prontos para fazer o seu negócio crescer no mundo digital. E aí, ficou interessado? Entre em contato com a gente e faça um orçamento para a sua marca!

Leia mais